LANÇAMENTO DE CRÉDITOS ANTERIORES DE PIS E COFINS NO EFD CONTRIBUIÇÕES


Tenho recebido muitos e-mails de pessoas com dúvidas nos lançamentos no SPED FISCAL e no SPED CONTRIBUIÇÕES. Hoje o tutorial é de como efetuar lançamentos de créditos anteriores do PIS e COFINS, a pedido de um leitor do blog.

Se seu sistema não gera o arquivo txt com os créditos do mês anterior das Contribuições PIS e COFINS, observe as telas seguintes e veja como é simples validar os lançamentos.

No validador EFD – SPED CONTRIBUIÇÕES, no menu ESCRITURAÇÃO/COMPLEMENTO DA ESCRITURAÇÃO, faça o lançamento no Registro 1100, referente ao PIS.

1-Registro 1100

Lembre-se de fazer o mesmo para o Registro 1500 referente ao COFINS.

Agora vá até ESCRITURAÇÃO/ M200 – CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS DO PERÍODO, e faça o lançamento do valor do crédito do mês anterior, o mesmo valor lançado no Registro 1100, no campo: VALOR DO CRÉDITO DESCONTADO, APURADO EM PERÍODO DE APURAÇÃO ANTERIOR;

2- REGISTRO M200

Lembre-se de fazer o mesmo para o Registro M500, neste lançamento você deverá lançar o crédito de COFINS que foi registrado na aba de COMPLEMENTO DA ESCRITURAÇÃO/ 1500 – CONTROLE DE CREDITOS FISCAIS – COFINS.

Pronto, agora é só Validar os lançamentos. Gerar novamente a Apuração de PIS e COFINS no botão parecido com uma engrenagem no PAINEL , logo após clicar no botão verde para verificar as pendências e conferir os lançamentos na aba RELATÓRIOS/REGISTROS FISCAIS/CONSOLIDAÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO POR PERÍODO.

3- Consolidação da Contribuição

Espero ter ajudado…

About these ads

118 thoughts on “LANÇAMENTO DE CRÉDITOS ANTERIORES DE PIS E COFINS NO EFD CONTRIBUIÇÕES

  1. Luderei,

    Gostaria de fazer contato com você para tirar duvidas a respeito de créditos extemporâneos de pis cofins.

    Meu EFD possui créditos extemporâneos de 01/2010 sendo lançados em 07/2013. Acontece que os valores estão no registo 1100 tanto o valor de 012010 e 072013. Gostaria de saber como e onde posso ter ver o total de meus créditos a compensar, isto é, o somatórios dos créditos do mês e os extemporâneos.

    Preciso muito de sua ajuda, se puder deixar seu telefone eu ligo.

    Att. Sidnei do Nascimento

  2. Muitíssimo obrigada mesmo pelas suas dicas, por ter feito o lançamento por mim para que eu entendesse, por te se colocado a disposição…você é uma pessoa maravilhosa! Deve ter salvo alguns empregos por aqui. Te desejo toda a sorte e felicidade do mundo. Mais uma vez, muito obrigada mesmo.

    • Kelly é sempre um prazer! Dê uma atenção especial para o Registro 1100/1500, eu alterei o arquivo de acordo com a apuração que você me enviou, no entanto deve ser lançado o valor total do crédito do mês 06 e o valor que foi deduzido na ocasião não lacei por não ter os valores. Outra dica importante é que sempre você deverá lançar os créditos de forma segregada, isto é, mês a mês…
      O saldo de créditos você deverá lançar todos os meses até a sua extinção.
      Abraços!

  3. Fiquei anos sem conseguir fazer o desconto dos créditos anteriores e agradeço demais a você, pois somente lendo este blog conseguir resolver este caso. Muitissimo obrigada pela ajuda e agora é só retificar os speds.

    • Obrigada pelo retorno ao blog, você será sempre bem vinda.
      Fique a vontade para postar neste canal, sejam eles comentários, sua experiência na área bem como as dificuldades encontradas por você no dia a dia na área fiscal. Será um prazer compartilhar!

      • NAO COMPREENDI DIREITO, POIS TENHO UMA EMPRESA DO LURO REAL QUE TEM SALDO DO MES ANTERIOR E ESTE MES CONTINUA TENDO SALDO CREDOR, NAO SEI ONDE COLOCAR, POIS O LOCAL QUE VOCE INDICOU SERIA SE EU DESCONTASSEALGUM CREDITO, MAS QUERO APENAS IR ACUMULANDO , JA QUE CONTINUA TENDO CRDITO. SE POSSIVEL AGUARDO RETORNO

        • Antônia você já faz uso do 1100/1500?
          Quais são os valores que vc tem de crédito é a primeira pergunta que vc deve levar em conta para preencher os Registros;
          Quais são os meses que vc possui os créditos , vc tem os valores separadinhos (Mês a Mês)?

          O registro 1100/1500 é referente ao controle de créditos vc deve lançá-los para controle dos créditos mesmo quando não utilizá-los.

          Caso tenha algum exemplo me envie que monto uma empresa no PVA para te atender.
          Observação.: estou apertada estes dias com prova na faculdade só poderei montar a empresa depois da prova dia 20 de setembro ok?!

  4. Olá boa tarde! Estou precisando muito de uma “luz” na EFD.

    Como fica quando o meu débito apurado no mês é menor do que o crédito e crédito anterior?

    Exemplo – PIS – Apuração ref. 06/2014:
    Débito = 1.111,98
    Crédito do mês = 7.935,20
    Crédito do mês anterior = 5.991,43
    Saldo a transportar = 12.814,65

    Onde vejo o resultado da apuração de 12.814,65 nos relatórios da EFD antes de transmitir a declaração?

    Obrigada,
    Priscila

  5. Luciana boa tarde, tudo bem?

    Preciso de uma grande ajudar – urgente.
    Alguns dias atrás olhei este seu post, li um comentário da Isabele (em 16/10/13), em suma se trata de um empresa no Lucro Presumido que tem créditos extemporâneos a serem utilizados e juntas vocês fizeram esta utilização no bloco F700.

    Minha dúvida: tenho uma empresa na mesma situação com créditos de 2012 e 2013 (retenções na fonte) como a empresa é um pouco desorganizada em relação ao controle destes créditos, as pessoas anteriores a mim resolveram só utilizar quando todos os informes tivessem em mãos, no caso sempre no ano seguinte.

    Fiz o lançamento no bloco F700 bateu tudo certinho, mas para desencargo de consciência liguei na IOB para saber se essa operação estava correta, segundo o atendente, não esta.
    Ele ressaltou que 2012 teria que retificar a DACON e não lançar no SPED (pois lucro presumido começou a entrega em 2013), e as retenções de 2013 teria que retificar mês a mês e lançar as retenções no bloco 1100. Agora não sei o que fazer e meu supervisor quer que quer esses créditos sejam utilizados agora no arquivo de 07/2014.

    Thais Carvalho

    • Boa tarde!

      Então, quem sou eu para confrontar a consultoria da IOB que é uma das mais conhecidas no âmbito tributário, eles tem um ótimo amparo legal e você deve sim dar atenção a eles.
      Descordo no entanto, em lançar as retenções no 1100, eu lançaria no 1300/1700 veja o que diz o manual:

      REGISTRO 1300: CONTROLE DOS VALORES RETIDOS NA FONTE – PIS/PASEP
      Este registro tem por objetivo realizar o controle dos saldos de valores retidos na fonte, de períodos anteriores e do período da atual escrituração. Estes valores poderão ser utilizados para dedução da contribuição cumulativa e/ou não cumulativa devida, conforme apuração constante dos registros M200.
      As informações deverão estar consolidadas pela natureza da retenção na fonte e seu respectivo período de recebimento e retenção. Assim, a chave deste registro é formada pelos campos: IND_NAT_RET + PR_REC_RET.

      Tenho a impressão que você precisará utilizar os Registros F600/F700 M200/M600 1300/1700

      REGISTRO M200: CONSOLIDAÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP DO PERÍODO
      Neste registro serão consolidadas as contribuições sociais apuradas no período da escrituração, nos regimes não-cumulativo e cumulativo, bem como procedido ao desconto dos créditos não cumulativos apurados no próprio período, dos créditos apurados em períodos anteriores, dos valores retidos na fonte e de outras deduções previstas em Lei, demonstrando em seu final os valores devidos a recolher.
      A geração automática de apuração (funcionalidade “Gerar Apurações” (Ctrl+M)) o PVA apura, em relação ao Registro M200, apenas os valores dos campos de contribuições (Campos 02 e 09) e de créditos a descontar (Campos 03 e 04). Os campos representativos de retenções na fonte (Campos 06 e 10) e de outras deduções (07 e 11) não são recuperados na geração automática de apuração, devendo sempre ser informados pela própria pessoa jurídica no arquivo importado pelo PVA ou complementado pela edição (digitação no próprio PVA) do registro M200, dos respectivos valores de retenção na fonte escriturados nos registros F600, 1300 (PIS) ou 1700 (Cofins), e de deduções, escriturados no registro F700

      REGISTRO 1300: CONTROLE DOS VALORES RETIDOS NA FONTE – PIS/PASEP
      Campo 05 – Preenchimento: Informe o valor da retenção deduzida da contribuição devida no período da escrituração e em períodos anteriores. O valor deverá ser informado de forma acumulada, ou seja, o valor descontado no atual período de apuração deverá ser somado àqueles deduzidos em períodos anteriores ao da atual escrituração (mesmo que a dedução tenha sido informada em DACON, anterior à entrega da EFD PIS/COFINS). Os valores aqui relacionados devem guardar correlação com os valores informados nos Campos 06 (VL_RET_NC) e 10 (VL_RET_CUM) dos Registros “M200

      Abraços

      • Luciana boa tarde, tudo bem?

        Realmente deu certo, fiz o lançamento no bloco1300 e 1700, acertei no F600 e deduzi no M200 e M600 validou e ficou perfeito.
        Só que tenho mais uma duvida, mas agora é questão de interpretação, no bloco 1300 no Campo 03 diz que: informe o período do recebimento e da retenção, conforme campo 02. Nesse caso ele aceita eu colocar os valores retidos de 2012 e 2013.
        Mas no Campo 05 diz: Informe o valor da retenção deduzida da contribuição devida no período da escrituração e em períodos anteriores. O valor deverá ser informado de forma acumulada, ou seja, o valor descontado no atual período de apuração deverá ser somado àqueles deduzidos em períodos anteriores ao da atual escrituração (mesmo que a dedução tenha sido informada em DACON, anterior à entrega da EFD PIS/COFINS). Os valores aqui relacionados devem guardar correlaçãocom os valores informados nos Campos 06 (VL_RET_NC) e 10 (VL_RET_CUM) dos Registros “M200”.
        Em suma, eu não precisaria retificar os arquivos de 2013 e informar nos blocos 1300 e 1700 as retenções de cada mês ocorrido, inclusive as retenções de 2012 (antes da obrigação) e vim acumulando mensalmente até eu me creditar 07/2014?
        Porque no F600 em Observações fala: A escrituração do Registro F600 corresponde tão somente à informação dos valores efetivamente retidos na fonte, a título de PIS/Pasep e de Cofins, quando do pagamento pelas fontes pagadoras. Desta forma, este registro não deve ser preenchido com base nos valores destacados em notas fiscais de vendas (visão documental) e sim, com base nos valores efetivamente retidos pelas fontes pagadoras (visão financeira).

        Agora, retifico os arquivos de 2013 agregando os valores nos blocos 1300/1700 ou lanço tudo agora no mês 07/2014, salvo claro, colocando realmente a competência das retenções 2012/2013.

  6. Luciana boa tarde, tudo bem?

    Preciso de uma grande ajudar – urgente.
    Alguns dias atrás olhei este seu post, li um comentário da Isabele (em 16/10/13), em suma se trata de um empresa no Lucro Presumido que tem créditos extemporâneos a serem utilizados e juntas vocês fizeram esta utilização no bloco F700.

    Minha dúvida: tenho uma empresa na mesma situação com créditos de 2012 e 2013 (retenções na fonte) como a empresa é um pouco desorganizada em relação ao controle destes créditos, as pessoas anteriores a mim resolveram só utilizar quando todos os informes tivessem em mãos, no caso sempre no ano seguinte.

    Fiz o lançamento no bloco F700 bateu tudo certinho, mas para desencargo de consciência liguei na IOB para saber se essa operação estava correta, segundo o atendente, não esta.
    Ele ressaltou que 2012 teria que retificar a DACON e não lançar no SPED (pois lucro presumido começou a entrega em 2013), e as retenções de 2013 teria que retificar mês a mês e lançar as retenções no bloco 1100. Agora não sei o que fazer e meu supervisor quer que quer esses créditos sejam utilizados agora no arquivo de 07/2014.

    Thais Carvalho

  7. Boa tarde, considerando que os meus registros 1100 e 1500 estão preenchidos corretamente e que meus valores para créditos são 2008,51 (PIS) e 9251,31 (COFINS), saldos anteriores 1996,96 (PIS) e 9198,09 (COFINS), e débitos 1775,66 (PIS) e 8178,81 (COFINS), com saldo credor de 2229,81, como irei preencher o campo 05 VL_TOT_CONT_NC_DEV (Valor Total da Contribuição Não Cumulativa Devida (02
    – 03 – 04)) do registro M200 se o valor irá ser negativo (1775,66 – 1996,96 = -221,36) e o sistema não aceita valor negativo e não tenho valor a recolher pois deu saldo credor.

    No aguardo.

    • Olá boa tarde!
      Peço desculpas pela demora em responder, não sei explicar pq sua mensagem estava no spam e só vi hj no blog…
      Montei uma empresa para atender sua indagação ” Empresa Fulano de Tal” , fiz referente a competência mês 06/2014 e os créditos anteriores como não sabia como foi gasto parte dos créditos então lancei o valor total ai vc mesmo edita estes campos. O Arquivo está em formato cópia de segurança, incorpore no validador só para vc verificar como foram lançados os Registros…
      Anexei também os relatórios de demonstração de créditos e da contribuição.
      Espero que possa ajudar dessa forma e novamente peço desculpas.

      Atenciosamente,

      Luciana.

  8. A versão nova 2.0.8 não tem mas o campo “Valor do crédito apurado em período anterior” no registro 1100, como devo fazer para lançar igual o seu exemplo.

    • Olá obrigada pelo contato!

      Na verdade a redação mudou mas a sistemática continua a mesma estou mandando para vc o texto do guia pratico referente ao campo por vc mencionado:
      Campo 06 – Preenchimento: Informe neste campo o valor do crédito apurado no respectivo período de apuração. Para períodos em que não houve transmissão da escrituração (períodos anteriores ao início da obrigatoriedade de escrituração), este valor deve corresponder ao lançado no respectivo demonstrativo DACON. Para períodos em que houve transmissão de escrituração o valor deste campo deverá corresponder ao valor do Campo 12 – VL_CRED_DISP, relativo ao mesmo COD_CRED do registro M100 do período de apuração do crédito, no caso de crédito apurado pela própria pessoa jurídica. No caso de crédito oriundo de pessoa jurídica sucedida, o valor deste campo deverá corresponder ao valor da soma dos Campos 07 – VL_CRED_PIS, relativos ao mesmo COD_CRED e CNPJ_SUCED do registro F800 do mesmo período de transferência do crédito.

      Abraços!

  9. Luciana, Boa Noite!

    Gostaria de saber se você poderia me ajudar no lançamento das Ficha 1100 para regime não cumulativo?
    Como devem ser lançados os créditos de meses anteriores, pois estou fazendo o Sped de maio/2014 e tenho crédito de Pis em Março de R$ 23.725,34, em Abril deu imposto a pagar de R$ 2.082,19, terei que usar o saldo do mês de março, e como ficaria as fichas 1100 e M200 com esses lançamentos em abril?

    No mês de maio/2014 tive um crédito de R$ 7.135,44 como ficaria esses lançamentos ?
    Terei que lançar na ficha 1100 o valor do crédito do período do mês de março e quando for no mês de Junho/2014 lanço o crédito do período de maio.

    Independente se houver imposto a pagar ou não, terei que repetir esses créditos desses meses anteriores na ficha 1100? ou uma vez informado não precisa mais?

    Se você tiver algum exemplo poderia me mandar, desde já agradeço.

    Renata

  10. Luciana, sobre a resposta em relação aos créditos Pis/Cofins, foram ótimos, o arquivo foi validado perfeitamente. Quero lhe agradecer pela sua dedicação em ter me ajudado e a maneira clara como explica. É sempre bom encontrar ótimos profissionais e além de tudo comprometidos.
    Obrigada!!Até a próxima dúvida….

    • Luciana, Boa Noite!

      Gostaria de saber se você poderia me ajudar no lançamento das Ficha 1100 para regime não cumulativo?  Como devem ser lançados os créditos de meses anteriores, pois estou fazendo o Sped de maio/2014 e tenho crédito de Pis em Março  de R$ 23.725,34, em Abril deu imposto a pagar de R$ 2.082,19, terei que usar o saldo do mês de março, e como ficaria as fichas 1100 e M200 com esses lançamentos em abril?

      No mês de maio/2014 tive um crédito de R$ 7.135,44 como ficaria esses lançamentos ? Terei que lançar na ficha 1100 o valor do crédito do período do mês de março  e quando for no mês de Junho/2014 lanço o crédito do período de maio.

      Independente se houver imposto a pagar ou não, terei que repetir  esses créditos desses meses anteriores na ficha 1100? ou uma vez informado não precisa mais?

      Se você tiver algum exemplo poderia me mandar, desde já agradeço.

      Renata  

      • Olá boa tarde!

        Obrigada pelo contato.

        Renata são muitas perguntas, caso você consiga peço que ligue para que possamos conversar melhor e efetuar juntas os lançamentos no validador.

        Abraços!

        Luciana.
        ps. enviei número telefone por e-mail

  11. Bom dia. Mês passado eu tive um saldo de 3,25 no PIS. Esse mês ele veio como um DEBITO DO MES ANTERIOR e somou com o desse mês, mas ao importar pro EFD ele da erro no valor do PIS, qual bloco eu tenho que alimentar esse valor para ele somar e bater o valor correto ?

    Brigada

    • Mariana, todo crédito advindo de mês anterior ou restante do próprio mês de apuração deve ser lançado no 1100 (PIS) , 1500(COFINS) que é o REGISTRO responsável pelo CONTROLE DE CRÉDITOS FISCAIS.

      Abçs.

    • Boa Tarde!
      Estou tentando lançar o crédito do Pis do mês anterior está dando erros, você poderia me ajudar nesses lançamentos, se possível mandar um print como ficariam nas fichas M100, M200 e 1100?

      CRÉDITO DO PIS

      Saldo de Pis do mês anterior, Março/14 de R$ 23.725,34

      No mês de Abril/2014:

      Crédito de R$ 264.201,01
      Débito de R$ 266.292,20

      Saldo a Utilizar no Mês de Maio/2014 R$ 21.643,16

      Grato,

  12. bom dia,
    tenho que fazer o efd contribuição e não teve saída e nen entrada, mais tenho credito anteriores pis 114.933,88 e cofins 529.392,94 e tenho onde tenho que lançar esses valores?

  13. Boa tarde, tenho uma empresa de Lucro presumido que pagou 2x o valor de PIS e COFINS. Fiz uma Perd Comp pra compensar pro outro mês, e consequentemente o valor de PIS e COFINS não serem pagos, pois foram compensados. Como eu lanço essa compensação pra entregar o SPED? Ou eu devo entregar só os valores que deveriam ser pagos não importando se o cliente pagou a mais?

    Obrigada

    Aguardo resposta

  14. Boa tarde, muito bom seu exemplo de apuração de crédito, maravilha sua iniciativa parabéns, gostaria se possível que tivesse um exemplo de como lançar e controlar o caso de ainda ter créditos para apurações futuras,, dentro do mesmo exemplo que destes só que como debito menor para que haja sobras,, obrigado

  15. Boa Tarde, Lú!
    Quero le parabenizar amei o seu blog, a dias estou tentando esta informação e aqui já me ajudou bastante fiz, como vc informou sendo que está dando uma mensagem de erro quando verifiquei as pendências estou te passando um email, se vc poder me ajudar para analisar melhor.

    Desde já muito obrigada.
    Marília!

    • Olá Gabriela, obrigada pelo contato!
      Sua escrituração já está validada? Se estiver vá até o menu :
      EFD Contribuições/Editar
      Após clique em Escrituração e selecione o Registro 1100/1500;

      Abçs.

  16. Como fica o lançamento no sped de janeiro sendo que nos ultimo dois meses tive saldo credor? (novembro/dezembro). Acumula ou em janeiro lanço o saldo credor apenas do período anterior (dezembro).

    • Izilda, obrigada pelo contato.
      Você fará um lançamento no 1100/1500 referente a novembro referente ao saldo credor de novembro;
      Você fará um lançamento no 1100/1500 referente a dezembro referente ao saldo credor de dezembro;

      E se no mês de janeiro seus créditos foram maiores que seus débitos você também fará um lançamento no 1100/1500 referente ao saldo credor de janeiro.

      Lembre-se você deve sempre controlar os créditos de forma segregada, mês a mês…

      Abraços.

      • Bom dia, Lu!!

        Estou com uma duvida, no mês que houve o saldo credor, como fica o Registro M200, pois não consigo deixar o saldo a pagar negativo??Devo zerar este campo??Pode por gentileza me ajudar???

        Desde já agradeço

        • Olá obrigada pelo contato!
          Luciane, o controle de créditos deve ser feito nos Registros 1100 e 1500, lembrando que os valores devem ser lançados de forma segregada mês a mês, a soma da ultima linha de todos os Registros do 1100/1500 é igual ao valor total de crédito do PIS e COFINS. O valor que aparece no relatório é o valor referente ao próprio mês de apuração.

          Abçs.

  17. Entrei em contato recentemente com a Lu, iniciei um trabalho lucro real- não cumulativo, onde estava sendo transportado um saldo de credito PIS/ COFINS erroneamente, a mesma me orientou e ainda me detalhou os erros passados e corrigindo.
    Só tenho agradecer, ajuda a competência e educação e a dedicação.
    Posso afirmar que você e das poucas pessoas dispostas a ajudar.
    Me ajudou muito com toda a sua paciência e sabedoria para me auxiliar nas duvidas.
    Que Deus te abençoe grandemente!

    Sem palavras mesmo!

  18. oi tudo bem ? primeiramente parabéns pelo blog.
    Estou com um probleminha , meus créditos não aparecem na CONSOLIDAÇÃO aparecem apenas os débitos, porém nos demais relatórios eles aparecem normalmente . Você sabe o que pode ser :?

  19. Boa tarde! Preciso muito da sua ajuda, não consigo de forma alguma colocar o credor do mes anterior no meu Sped. Existe um credito anterior e com esse credito a empresa ainda ficará com crédito, sem o crédito anterior os impostos dão a pagar. Como faço nesse caso? Muito obrigada. Viviane.

  20. Bom Dia Lu, quero aproveitar essa oportunidade para agradecer a você pelo empenho e por ter me ajudando tanto na questão de “famigerado saldo anterior de Pis e Cofins”, Depois das suas Dicas sobre como fazer o arquivo 1100 e 1500 e como colocar os créditos bem como suas apropriações mês a mês, consegui fazer o Sped mesmo com a ressalva de estarem com o código CST “98” uma vez que o correto seria “51” . Espero poder trocar todos para 51 em tempo.

    Muito Obrigado,

    Deus te abençoe e Um Feliz 2014 para você e todos daqui do blog.

    Felicidades !!

    Geraldo.

  21. Boa tarde!
    Luderei estou com um problema com os créditos do meu SPED lucro real, no mês agosto o credito a transportar para o período seguinte superou o debito do próprio mês de setembro, dessa forma não sendo necessário utilizar o credito do próprio período, como escrituro essa situação já que nos campos “1100” e “1500” de modo que ele apareça na minha apuração de credito. A utilização do campo “Valor Total dos Ajustes de Acréscimo” registros “M110″, “M510″ é viável para este caso???

    • Essa apuração você vai tomar o crédito do mês anterior e lança-los nos Registros 1100 e 1500, neste caso você efetuará também nestes mesmos registros o lançamento dos créditos não usados referente ao período da própria apuração. QQ coisa me manda seu txt que monto um print p/ vc.

        • Olá, obrigada por visitar o blog.
          Você terá que efetuar os lançamentos no 1100 e 1500, gerar a apuração validar…
          No recibo não aparecerá os créditos anteriores, somente o valor de crédito do próprio mês.
          Se precisar de ajuda nos lançamentos, entre em contato por e-mail luderei[arroba]hotmail.com
          O endereço de e-mail foi escrito fora do padrão para diminuir a quantidade de spam no blog.

    • Olá desculpe mesmo não ter respondido antes, alguns problemas aqui.
      O controle de créditos não aparecerá no recibo, o valor de crédito que aparece é o valor de crédito do próprio mês da apuração, de preferencia para tomar o crédito do período anterior. A soma da ultima linha dos registros 1100 e 1500 é o valor total dos seus créditos acumulados.

  22. Bom dia!
    Tenho créditos nos meses:
    05, 06 e 07/2013 PIS e COFINS
    A minha dúvida é:
    Como controlo esses créditos para que a valor acumulado e a apuração do período?

    • Edvania, obrigada pelo contato!
      O controle de créditos é feito especificamente nos Registros 1100 e 1500, nessa ficha vc vai controlar os saldos de forma segregada (mês a mês), você não pode lançar somente um mês acumulativa. Qualquer coisa me manda seu txt com maiores informações sobre os créditos que monto para você um print com o passo a passo.

      Forte abraço!

  23. Luderei, boa tarde!
    Tenho créditos nos meses:
    06/2013 PIS: 3.500,00 COFINS: 14.600,00
    07/2013 PIS: 6.000,00 COFINS: 27.851,00
    08/2013 PIS: 1.200,00 COFINS: 9.542,50
    A minha dúvida é:
    Como controlo esses créditos para que a valor acumulado e a apuração do período?

    Grata,
    Gabriele Rocha

    • Olá boa tarde!
      Estou te enviando os print’s por e-mail, os lançamentos devem ser feitos da maneira que ilustrei se você não tiver utilizado nada dos créditos, se você utilizou parte deles ai o procedimento muda um pouco. Veja os print’s e me fale depois…
      Observe que os valores devem ser lançados de forma segregada, mês a mês, dessa forma o valor acumulado será a soma da ultima linha de todos os registros criados no 1100 e no 1500.

  24. Entrei em contanto recentemente com a Luderei e fui muito bem atendida e respondida. Trabalho com empresas do Lucro Presumido (prestadores de serviços) que acabam acumulando saldo credor de PIS e COFINS, dos quais tanto compenso no periodo vigente e outro tanto devo transportar para o mês seguinte. O fato de compensar saldo de PIS e COFINS remanescentes é que não estava conseguindo informar no SPED Contribuições deduzindo od valor a pagar. Porém com a instrução dela encontramos a solução, segue resposta abaixo para esclarecer talvez a duvida que muitos tenham:

    Resposta Luderei: “a unica forma de deduzir o valor no presumido é lá no Bloco F, lancei e deu certo. Veja o que diz o manual:
    F700 Deduções Diversas Neste registro F700 devem ser informadas as deduções diversas previstas na legislação tributária, inclusive os créditos que não sejam específicos do regime não-cumulativo, passiveis de dedução na determinação da contribuição social a recolher, nos registros M200 (PIS/Pasep) e M600 (Cofins). A chave deste registro é
    composta pelos campos IND_ORI_DED + IND_NAT_DED + CNPJ, ou seja, não poderá existir dois ou mais registros F700 com os mesmos valores nestes campos.”

    Mais uma vez obrigada pela força Luderei.

    • Muito obrigada pela qualificação no comentário Isabele, tenho dedicado grande parte do meu tempo tentando ajudar pessoas com dificuldades no Sped. O problema que muito pouco se sabe e pouco material está disponível no âmbito Federal, o manual ajuda mas existem varias interpretações sobre o mesmo assunto, isso dificulta um pouco. O ideal é sempre buscar fóruns, debates e criar um bom networking, desse modo a troca de informações é facilitada. Aqui no blog é um exemplo, já aprendi muito quebrando a cabeça para descobrir soluções para os leitores, alguns voltam e postam algum comentário dizendo se ajudou ou não, outros não voltam para dizer como foi, isso dificulta um pouco meu trabalho e posso dizer que me frusta um pouco,pois, me dedico realmente à ajudar. Fiquei muito feliz pelo seu comentário foi importante, obrigada por voltar ao blog e me coloco à disposição.

      Forte abraço!

  25. olá, segui seus passos para efetuar o lançamento dos creditos anteriores, mais esta aparecendo a mensagem de erro O valor do campo deve igual ao somatorio do campo valor do credito descontado nete periood de escrituração nos registros 1100-controle de creditos fiscais-pis/pasep(no M200 ou 1500-controle de creditos fiscais-cofins (no M600)..por favor me ajude….

  26. Boa Noite Luderei, minha duvida é, quando faço o primeiro Sped, lanço o saldo anterior no Registro 1100 e 1500 e a partir dai nos outros meses sempre coloco o saldo anterior, é isso?

  27. Oi Luderei…vc tem algum exemplo de como validar o EFD Contrib. para uma empresa do Lucro Real, que teve crédito em Junho/2013 e crédito agora pra Julho/2013…não estou conseguindo somar os dois créditos e informar no programa o valor acumulado desses 2 meses de crédito destinado para o período seguinte. Obrigado.

  28. Gostaria que me ajudasse a informar créditos anteriores de uma empresa cumulativa. Exemplo: valor a pagar de PIS 215.00, credito do mês 05/2013 – 14.63.e cofins a pagar 400.00 e credito mês anterior 05/2013 63.50. Minha duvida é onde coloco o valor para abater no imposto a pagar.
    :

    • Oi Keila obrigada pelo contato!

      Bem no regime cumulativo ainda não entreguei nenhum vou ter que estudar o manual pra te ajudar, mas me mande seu txt sem assinar e detalhes do crédito anterior qual mês se trata o crédito e qual valor, tudo de acordo com o Dacon, assim monto um passo a passo pra você…

  29. Boa Tarde,

    Luderei tenho uma dúvida… estou fazendo sped de uma empresa lucro real do periodo de junho no qual deu crédito neste mês, e os ultimos 4 meses (fevereiro, março, abril e maio) todos deram crédito também, minha duvida é, se nesse registro eu informo todos os meses (fevereiro, março, abril e maio) assim como o propio mes da escrituração, ou só informo o mês anterior (maio) e o da propia escrituração no caso junho?

    • Desculpe a demora estive viajando ontem e hoje foi um dia inteiro de reuniões, agora que vi sua dúvida.
      Não ficou claro sua pergunta, o que ocorre por exemplo no regime não cumulativo é que você vai informar sempre seu ultimo saldo de créditos, se no mês de fevereiro houve crédito, em março deverá ser lançado aquele valor de fevereiro nos registros 1100 e 1500 e ajustar no bloco M deduzindo o valor. Estamos em março, lançamos o crédito de fevereiro e deduzimos ele no bloco M, mesmo assim ficou com saldo né? Este saldo de créditos a aproveitar a período seguinte deverá ser lançado lá no mês de abril [ mesmo com débitos no mês de março, abatendo os créditos de fevereiro, ainda assim ficou com crédito quer dizer que comprou mais mercadoria do que vendeu...], dessa forma vc vai proceder até esgotar seus créditos.
      Faço aqui um controle a parte com Excel, daí controlo o valor apurado no Dacon X Sped Contribuiçoes…
      Se desejar te envio a planilha.
      Espero ter ajudado.

        • Olá obrigada pelo retorno à minha pagina!
          Bem estes dias não tenho acessado muito, estou fechando o Sped Fiscal, se me lembro bem seu problema é com o SPED Contribuições certo?
          Te mando a planilha então e vejo depois se consigo te ajudar…

  30. luderei estou com problema nestes creditos do periodo anterior nao estou conseguindo validar coloco desta forma e quando gero aparece um erro a empresa lucro real /
    sai a seguinte mensagem para credito de operações proprias , o valor do credito descontado neste periodo de apuraçao deve ser igual aquele informado nos registros m100 e m500 quando eu entro no m200 e m600 ele apaga os creditos e nao ta deixando passar ja fui na receita e na ouvidoria nunca me derao respostas

    • Qual regime sua empresa está inserida, lucro Real?
      Para apuração você tem o regime não cumulativo? Me mande seu arquivo, este que você validou no SPED, só não pode estar assinado, e coloque o valor do crédito anterior para que eu possa gerar e identificar o erro. Assim que eu validar te mando por e-mail;

      luderei@hotmail.com

    • Olá obrigada pelo comentário!

      O exemplo que dei é no regime não cumulativo, qual seria o Regime de contribuição?
      O crédito anterior deverá ser lançado normalmente “inteiro”, dessa forma poderá ser comparado com a ficha do Dacon, o que vai ocorrer é que ficará um saldo de crédito para o mês seguinte.

      Obrigada, volte sempre!

  31. Essa informação me ajudou muito, estava perdida sem saber como inserir o credito anterior de pis e cofins, estas informações, resolveu meu problema. Obrigada…

Gostou do artigo, faça seu comentário é muito importante sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s